quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Mensagem do nosso coordenador



É Natal! Eis que nasceu a nossa salvação. O amor de Deus se encarnou e se mostrou luz aos homens Por meio de um menino. O menino Deus vem conduzir seus irmãos ao caminho da fraternidade e do amor, de modo que os abismos que separam os homens sejam aterrados. O clima que nos envolve nesta noite é quase mágico. Uma magia que deve se converter em compromisso. Se quisermos, cada dia do Ano Novo será Natal.
Eis que se permitimos, o Filho de Deus se aconchegará na Manjedoura do nosso coração e, por sua graça, seremos sensíveis a dor e ao sofrimento de nossos irmãos. O Menino Deus, Jesus é o seu nome, nos fará solidários de atitudes concretas; não seremos semelhantes aos conterrâneos de Maria e José, que não souberam acolher quem necessitava de ajuda.


É “Noite feliz e os sinos tocam em sinal de alegria, e seria tão bom se eles tocassem por muito tempo...” sempre!


Levemos juntos a alegria da Boa Notícia do Nascimento de Jesus. 
Que Ele seja luz a guiar e iluminar nossos passos.


Desejo a todos um Feliz, e Santo Natal.

                                                                                            Pe.  Aldevan
                                                                 Coodenador da Dimensão Bíblico-Catequética

Dom Jaime é nomeado Arcebispo de Natal

Foi anunciada, na manhã desta quarta-feira (21), a transferência de dom Jaime Vieira Rocha para a Arquidiocese de Natal – RN. O anúncio oficial da nomeação, feito por Sua Santidade o Papa Bento XVI, foi publicado pelo jornal “L’Osservatore Romano” e divulgado pela CNBB. A posse de Dom Jaime como arcebispo de Natal será no dia 26 de fevereiro do próximo ano.

Na arquidiocese de Natal, Dom Jaime substitui o Arcebispo Dom Matias, que foi bispo de Campina Grande de 2000 a 2003. Dom Matias pediu renúncia em abril deste ano, quando completou 75 anos - idade em que os (arce)bispos devem pedir renúncia de seus cargos ao Papa. O Arcebispo de Natal fez o anúncio nesta manhã através da Rádio Rural em cadeia com a Rádio Caturité de Campina Grande AM 1050.


Desde o anúncio da renúncia de Dom Matias, a Arquidiocese vive a expectativa da nomeação do seu novo Arcebispo. Porém esta é uma decisão exclusiva do Papa e que não tem tempo determinado para acontecer. Essa decisão também acontece em segredo Pontifício, cabendo apenas ao Núncio Apostólico do Brasil, dom Lorenzo Baldisseri, fazer o papel de conselheiro do Papa para tal decisão. Os bispos envolvidos nas alterações episcopais, quando sabem da decisão, também guardam segredo absoluto até a publicação oficial.

DOM JAIME:
Dom Jaime Vieira Rocha é natural da cidade de Tangará (RN) e nasceu em 30 de abril de 1947. Ele ingressou aos 14 anos no Seminário São Pedro, em Natal e foi ordenado Sacerdote em 1975. Seu Ministério Episcopal teve início em 1994, quando foi nomeado Bispo de Caicó (RN). Recebeu a Ordenação Episcopal em 6 de janeiro de 1996 em Roma, com o então Papa João Paulo II. Passou 9 anos à frente daquela diocese norte-riograndense, até ser transferido para Campina Grande em 23 de abril de 2005.

Como 6º bispo de Campina Grande, Dom Jaime Vieira Rocha ordenou 34 novos padres e ordenará o 35º no próximo dia 27 de janeiro de 2012. O bispo criou também 16 novas paróquias. As últimas criadas foram as paróquias de São Severino Bispo, em Nova Floresta e São Miguel Arcanjo, em Barra de São Miguel. Atualmente, a Diocese conta com 49 paróquias e duas Áreas Pastorais.


Fonte: www.diocesedecampinagrande.org.br

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Comissão para a Animação Bíblico-Catequética do RN2 realizará formação de catequistas para a Iniciação à Vida Cristã.


Colégio Santa Rita - Areia-PB
Estamos vivendo um novo tempo em nossa Igreja, queremos assumir neste momento nossa missão evangelizadora, conforme as urgências oferecidas para todo o Brasil nas Diretrizes da Ação Evangelizadora no Brasil e em sintonia com a caminhada que estamos vivenciando no nosso Regional Nordeste 2.

Em janeiro vamos realizar mais uma vez nosso encontro de formação para catequistas, que acontecerá no Colégio Santa Rita, situado na rua Vigário Odilon, 152 – Centro Areia – PB, contamos com a representação de (03) três catequistas por diocese/arquidiocese, será muito importante esta participação, pois iremos refletir sobre A FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS PARA A INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ.

A formação em nosso trabalho é indispensável, todos os documentos da Igreja e os específicos sobre a catequese nos impulsionam para a formação permanente, queremos viver esta formação contemplando a Igreja: Casa da Iniciação à Vida Crista e ainda Igreja: Lugar da Animação Bíblica da Vida e da Pastoral.

Contamos com sua divulgação!

Pe. Elison Silva dos Santos
Coordenador da Comissão Regional Pastoral para
Animação Bíblico-Catequética


O tempo do Advento

O Advento é um dos tempos do Ano Litúrgico e pertence ao ciclo do Natal. A liturgia do Advento caracteriza-se como período de preparação, como pode-se deduzir da própria palavra advento que origina-se do verbo latino advenire, que quer dizerchegar. Advento é tempo de espera d’Aquele que há de vir. Pelo Advento nos preparamos para celebrar o Senhor que veio, que vem e que virá; sua liturgia conduz a celebrar as duas vindas de Cristo: Natal e Parusia. Na primeira, celebra-se a manifestação de Deus experimentada há mais de dois mil anos com o nascimento de Jesus, e na segunda, a sua desejada manifestação no final dos tempos, quando Cristo vier em sua glória.

O tempo do Advento formou-se progressivamente a partir do século IV e já era celebrado na Gália e na Espanha. Em Roma, onde surgiu a festa do Natal, passou a ser celebrado somente a partir do século VI, quando a Igreja Romana vislumbrou na festa do Natal o início do mistério pascal e era natural que se preparasse para ela como se preparava para a Páscoa. Nesse período, o tempo do Advento consistia em seis semanas que antecediam a grande festa do Natal. Foi somente com São Gregório Magno (590-604) que esse tempo foi reduzido para quatro domingos, tal como hoje celebramos.

Um dos muitos símbolos do Natal é a coroa do Advento que, por meio de seu formato circular e de suas cores, silenciosamente expressa a esperança e convida à alegre vigilância. A coroa teve sua origem no século XIX, na Alemanha, nas regiões evangélicas, situadas ao norte do país. Nós, católicos, adotamos o costume da coroa do Advento no início do século XX. Na confecção da coroa eram usados ramos de pinheiro e cipreste, únicas árvores cujos ramos não perdem suas folhas no outono e estão sempre verdes, mesmo no inverno. Os ramos verdes são sinais da vida que teimosamente resiste; são sinais da esperança. Em algumas comunidades, os fiéis envolvem a coroa com uma fita vermelha que lembra o amor de Deus que nos envolve e nos foi manifestado pelo nascimento de Jesus. Até a figura geométrica da coroa, o círculo, tem um bonito simbolismo. Sendo uma figura sem começo e fim, representa a perfeição, a harmonia, a eternidade. 

Na coroa, também são colocadas quatro velas referentes a cada domingo que antecede o Natal. A luz vai aumentando à medida em que se aproxima o Natal, festa da luz que é Cristo, quando a luz da salvação brilha para toda humanidade. Quanto às cores das quatro velas, quase em todas as partes do mundo é usada a cor vermelha. No Brasil, até pouco tempo atrás, costumava-se usar velas nas cores roxa ou lilás, e uma vela cor de rosa referente ao terceiro domingo do Advento, quando celebra-se o Domingo de Gaudete (Domingo da Alegria), cuja cor litúrgica é rosa. Porém, atualmente, tem-se propagado o costume de velas coloridas, cada uma de uma cor, visto que nosso país é marcado pelas culturas indígena e afro, onde o colorido lembra festa, dança e alegria.


Pe. Agnaldo Rogério dos Santos 
Reitor dos Seminários Filosófico e Teológico
da Diocese de Piracicaba


Fonte(texto): www.catequisar.com

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

ENCONTRO DE FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS REGIONAL NORDESTE 2




Maceió-AL, 25 novembro de 2011.

Caríssimos coordenadores (as).

Segue informações sobre o encontro de FORMAÇÃO DE CATEQUESE PARA INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ do Regional Nordeste 2.

1-         Dia: Iniciando no dia 12 Jan 2012 com o jantar e terminando no dia 15 de jan com o almoço.

2-         Taxa de Inscrição: Será cobrado o valor de R$ 150,00 para as despesas de hospedagem e refeições (café, almoço, janta e lanche). Todos devem trazer roupa de cama e banho.

3-         Local do evento: O encontro acontecerá no Colégio Santa Rita, que fica na rua Vigário Odilon, 152 – Centro Areia – Paraíba.


4-         Inscrição: Solicitamos que envie a ficha de inscrição escaneada até o dia 15 de dezembro para o email catequeseregionalnordeste2@gmail.com com cópia para joseiltonluz@hotmail.com

5-         Público alvo: Esse encontro é para catequistas. Para os coordenadores diocesanos de catequese está programado o encontro em Campina Grande nos dias 12,13,14 e 15 de julho de 2012.

6-         Quantos por diocese: Devido à estrutura do local ficam disponíveis 03 (três) vagas por diocese/arquidiocese.

7-         Comunicar horário de chegada para que possam ser acolhidos.

Necessidade de outras informações entre em contato conosco pelo e.mail catequeseregionalnordeste2@gmail.com; elisonsilva@yahoo.com.br; joseiltonluz@hotmail.com e pelos telefones: Pe Elison (82) 9113-9874 / 9689-7655 e Joseilton Luz 9976-7135.


Atenciosamente,


Joseilton Luz de Oliveira
Comunicação da Comissão Regional Pastoral
para a Animação Bíblico-Catequética


Pe Elison Silva dos Santos
Coordenador da Comissão Regional Pastoral
Para a Animação Bíblico-Catequética


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

SUBSÍDIOS PARA O MÊS MISSIONÁRIO

Pontifícias Obras Missionárias
“Missão na Ecologia”. É com este tema que as Pontifícias Obras Missionárias (POM) realizam a Campanha Missionária 2011. A temática, como todos os anos, está diretamente ligada ao tema da Campanha da Fraternidade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que este ano é “Fraternidade e a Vida no Planeta”.
 Assim como a CF-2011, a Campanha Missionária é um sinal da preocupação com a preservação do meio ambiente e conscientização ecológica. A CM, no entanto, alarga os horizontes para todo o mundo, por ser este o objetivo principal das Pontifícias Obras Missionárias.
Como extensão da Campanha da Fraternidade, cabe à Campanha Missionária dar uma ênfase maior à dimensão missionária; logo, todo o seu material se volta para a universalidade da missão.

Materiais

A Novena Missionária traz este ano 64 páginas com orações, cantos, partilhas, canções. O subsídio contém ainda informações importantes sobre preservação do meio ambiente, além de indicar sites e vídeos para a melhor vivência do novenário missionário. O material pode ser utilizado pelos grupos de reflexão, nas comunidades, escolas, ou simplesmente nas casas de família. Clique aqui para download

O DVD é outro apoio que dinamiza as discussões e reflexões durante a Campanha Missionária. Para cada dia da novena é oferecido um documentário, que apresenta uma realidade da missão ligada à ecologia. Podem ser utilizados nos momentos das homilias dominicais e também nas reuniões das pastorais, conselhos paroquias e comunitários e nos vários grupos. Clique aqui e assista aos vídeos .

O cartaz, por sua vez, representa a retirada de tudo àquilo que não corresponde à preservação do meio ambiente. Os personagens do cartaz são missionários que têm consciência da sua responsabilidade para fazer do planeta a verdadeira morada para todos os seus habitantes. Deve ser fixado nos murais e ou lugares que facilitem a visualização. Clique aqui para download em alta resolução

Já o Envelope, tem por objetivo arrecadar nos dias 22 e 23 de outubro as coletas em favor das missões universais nas comunidades, paróquias e instituições católicas. Devem ser distribuídos entre os dias que antecedem o Dia Mundial das Missões (penúltimo domingo do mês de outubro) ou quando os grupos se reunirem ou ainda nas celebrações domésticas.
Por último, os Folhetos Dominicais, servem como suporte para a oração dos fieis nas missas, culto dominical, reuniões das pastorais, de grupos e movimentos. Clique aqui para download

Leia a Mensagem do papa Bento XVI para o Dia Mundial das Missões 2011. Clique aqui

FONTE: POM – Pontifícias Obras Missionárias: http://www.pom.org.br/

FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS VIA WEB


Estamos sempre falando no quanto as formações de catequistas são necessárias... E no quanto este nobres discípulos missionários já ocupam seu tempo com as diversas atividades da catequese. Pensando nisso e atendendo uma solicitação do catequista Adilson do Grupo Catequistas Virtuais, que pediu para estudarmos no grupo o Catequesi Tradendae, surgiu a idéia de estudarmos os documentos referenciais da nossa Igreja e seu impacto na Catequese. E que esse estudo pudesse ser feito no tempo disponível de cada um. A solução? Um estudo via internet. Utilizando o e-mail e o espaço que a internet nos proporciona.

Dessa idéia surgiu a parceria entre o blog Catequese na net  e o Catequese e Bíblia . A nós, do Catequese e Bíblia caberá a formatação dos conteúdos e a Instrutoria, ao Catequese na Net a organização das inscrições, a formatação do Grupo na internet e todo o serviço de secretaria da formação.

Como participar da formação pela Internet?

 Primeiramente você deve efetuar sua inscrição através o e-mail:

INFORMANDO:
NOME
E-MAIL
PAROQUIA/CIDADE/ESTADO
FORMAÇÃO (nível médio/superior/especialização)
CATEQUISTA DE QUE ETAPA
AREA PROFISSIONAL EM QUE ATUA
MÓDULO (que quer fazer)

Este e-mail deverá conter todos os dados completos. Assim que for verificado que todos os dados solicitados foram enviados, você receberá um e-mail confirmando a sua inscrição e com informações sobre o 1° módulo.

Módulo I – A catequese e o Concílio vaticano II
Início: 01 de outubro de 2011.
Módulo II – Catequese e a Conferência de Medellín
Início: 15 de outubro de 2011.

Os demais módulos vão estar disponíveis assim que forem formatados.

Como se realizará o curso?

A formação se divide em módulos. Ao final de cada módulo, você encontrará perguntas que devem ser respondidas em arquivos do word e enviadas para o e-mail informado, a fim de serem devidamente corrigidas e devolvidas a você com uma nota referente a cada módulo estudado.
Antes de enviar suas respostas com as respectivas perguntas de cada módulo, seria interessante que sua dúvidas e reflexões fossem partilhadas com o grupo, que será formado assim que tivermos o e-mail de todos os participantes. A idéia é que haja interação e partilha de informações com todos. Para um melhor acompanhamento do estudo, pedimos-lhe que cada remessa com as respostas do módulo, seja feita em até trinta dias.
Ao final do curso, será conferido um CERTIFICADO para cada módulo realizado. Destacamos, ainda, que esse curso é de formação pastoral e pessoal. Não devem, portanto, ser utilizados para complementação curricular de formação acadêmica em instituições públicas ou particulares de ensino superior.

Demais informações e dúvidas serão sanadas ao longo da formação ou pelos e-mails:


Bons estudos!
Fonte: Catequese e Bíblia

Igreja no Brasil celebra o Mês da Bíblia 2011 com o estudo do Livro do Êxodo

“Desconhecer as Escrituras é desconhecer o Cristo”, com essa frase, de São Jerônimo, que a Igreja celebra, nesse mês de setembro, o Mês da Bíblia. Neste ano, o estudo proposto pela Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), será o Livro do Êxodo, capítulos 15,22 a 18,27, que é conhecido como o “Livro da Travessia”. 
O Mês da Bíblia tem como tema “Travessia, passo a passo, o caminho se faz”, e o lema “Aproximai-vos do Senhor”.

O presidente da Comissão para a Animação Bíblico-catequética e arcebispo de Pelotas (RS), dom Jacinto Bergmann, escreveu uma mensagem para toda a comunidade cristã que celebra o Mês da Bíblia.
Dom Jacinto pede que todos procurem viver intensamente o esse mês, em todas as comunidades cristãs espalhadas pelo território nacional. “Que bom que temos um Subsídio elaborado pela Comissão para a Animação Bíblico-catequética, que, usado em nossos Grupos Bíblicos, nos ajudará a conhecer e interpretar, a comungar e orar, a evangelizar e proclamar a Palavra de Deus e assim caminharmos sempre mais para uma verdadeira animação bíblica da pastoral, formando entusiastas discípulos missionários de Jesus Cristo”, destacou.

O Subsídio

O Subsídio apresenta vários textos para estudo, reflexão, oração e prática para o Mês da Bíblia de 2011. Não pretende dizer tudo, mas apontar pistas para o trabalho individual e comunitário. Foi pensado como material de apoio, isto é, traz elementos informativos a serem desenvolvidos posteriormente e indica também roteiros práticos, que podem orientar grupos de reflexão e leitura orante sobre o assunto.
Leia abaixo a íntegra da mensagem de dom Jacinto Bergmann, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética da CNBB.

Mês da Bíblia

Mês de Setembro para a nossa Igreja no Brasil já é, por uma bonita tradição, sinônimo de MÊS DA BÍBLIA. O grande São Jerônimo, presbítero e doutor, cuja memória celebramos no final do mês de setembro, dia 30, nos motivou desde o início e motiva ainda hoje para a dedicação do mês de setembro inteiro para ser o da Bíblia. Sabemos da importância do trabalho bíblico de São Jerônimo realizando a tradução da Vulgata; e sua frase é emblemática: “Desconhecer as Escrituras é desconhecer o Cristo”.

Também já é uma bonita tradição, a CNBB, através da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, oferecer um tema para o Mês da Bíblia para o estudo, a reflexão, a oração e a vivência da Palavra de Deus. O tema pode girar ou em torno de trechos bíblicos, ou de um Livro bíblico, ou até de um conjunto de Livros bíblicos. A escolha do tema para o Mês da Bíblia deste ano de 2011, concentrou-se no trecho do Livro do Êxodo, capítulos 15,22 a 18,27, que é conhecido como o “Livro da Travessia”. É necessário olharmos as etapas da travessia desértica do Povo de Deus, saindo do Egito e buscando a Terra Prometida: as dificuldades enfrentadas pelo Povo de Deus, tanto os problemas da natureza, quanto os desafios oriundos pela convivência humana, criaram a necesidade de enraizar e vivenciar a fé, a esperança e o amor em Deus. Queremos aprender com o Povo de Deus a realizarmos a nossa travessia de discipulado e missão. Eis, pois, o tema tão propício para o Mês da Bíblia de 2011: “Travessia, passo a passo, o caminho se faz”. Mas, o fundamental em tudo isso, é estar próximo ao Senhor Deus. Assim, do capítulo 16, versículo 9, é tirado também o lema: “Aproximai-vos do Senhor”.

Vamos viver intensamente o Mês da Bíblia em todas as nossas comunidades cristãs espalhadas pelo território nacional. Que bom que temos um Subsídio elaborado pela Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, que, usado em nossos Grupos Bíblicos, nos ajudará a conhecer e interpretar, a comungar e orar, a evangelizar e proclamar a Palavra de Deus e assim caminharmos sempre mais para uma verdadeira ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORAL, formando entusiastas discípulos missionários de Jesus Cristo.
Dom Jacinto Bergmann,
Arcebispo de Pelotas e Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética

                       Fonte: cacmaceio.blogspot.com

terça-feira, 6 de setembro de 2011

III SEMINÁRIO DIOCESANO DE CATEQUESE

ENTUSIASMO!..

Essa palavra expressa bem o que permeou os sentimentos dos participantes do III SEMINÁRIO DIOCESANO DE CATEQUESE. Reunidos para aprofundar temas referentes ao CATECUMENATO, tivemos a graça de contar com a assessoria de pessoas que marcaram sua passagem no encontro.
Na sexta-feira, à noite, o Pe Francisco (Diocese de Campina Grande) nos ajudou a compreender um pouco da realidade em nos encontramos no que diz respeito a INICIAÇAO À VIDA CRISTÃ e, dos anseios para a implantação do Catecumenato, enquanto abordava sobre os benefícios que o mesmo traz para a nossa vida.


No Sábado, sob a orientação da Ir Juliana (Diocese de Mossoró), fomos remetidos a olhar para itens relevantes nesse processo: FÉ, PALAVRA DE DEUS E CELEBRAR.





Culminando com a rica contribuição da Catequista Miraci ( Diocese de Mossoró), que trouxe para nós o relato da experiência já vivenciada, com êxito, em sua paróquia. À noite, vivemos um momento muito rico de espiritualidade, mediado pela Ir. Juliana.





No Domingo, começamos com a Santa Missa, presidida pelo nosso coodenador - Pe Aldevan. Logo depois, em plenário, as assessoras apresentaram sugestões para motivar o começo dos trabalhos de implantação do Catecumenato nas paróquias.



Ao final, como estamos vivendo o processo de renovação das Coordenaçãoes diocesanas, foi apresentada a nova coordenação de Catequese, que será reconhecida e confirmada no dia 13 de Setembro em Assembléia, no Ipuarana, pelo Bispo diocesano e a Coordenação de Pastoral.

Assim desejou o Senhor!!!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Tem início a 46ª Assembleia Pastoral Regional da CNBB NE2

Com o tema “Na tríplice Missão da Igreja: a Caridade”, a 46ª Assembleia Pastoral Regional da CNBB Nordeste 2 (composta por 21 dioceses dos estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte) teve início na noite desta quarta-feira, 01, no Convento deConvento de Santo Antônio, no município de Lagoa Seca, na Paraíba. O evento, que vai até o meio dia do domingo, 04, será assessorado por Dom Celso Queirós, bispo emérito de Catanduva – SP.A cerimônia de abertura ocorreu na igreja do Convento, com uma celebração presidida pelo bispo de Campina Grande, Dom Jaime Vieira Rocha. Em seguida, no plenário, o presidente do Regional e Bispo de Palmares-PE, Dom Genival Saraiva de França, fez um discurso de abertura. “Esta 46ª Assembleia Pastoral Regional se realiza na esteira da Assembleia Geral da CNBB, cujas Metas estão contempladas nas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil que, além do conteúdo, têm um caráter muito pedagógico, visando uma maior participação, em todas as instâncias da atividade pastoral, nas Igrejas Diocesanas, durante o quadriênio 2011-2015”, explicou.
O bispo acolheu aos participantes, listou os novos Bispos indicados para as Comissões Pastorais da CNBB Nordeste 2 e relembrou a Jornada Mundial da Juventude, ocorrida este ano em Madrid, em agosto. “Atentos à importância da próxima Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, em 2013, estaremos especialmente empenhados na participação de nosso Regional, em consonância com os frutos e apelos da recente Jornada, em Madrid e com os apelos e orientações da CNBB”, afirmou.
O pe. Josenildo Tavares, da Arquidiocese de Olinda e Recife, deu prosseguimento, expondo as expectativas para a Assembleia e as propostas de trabalho. Em seguida, leu um texto do arcebispo de São Salvador da Bahia – BA, Dom Murilo S. R. Krieger, chamado “uma esmolinha, por amor de Deus!”; o qual trata justamente sobre a caridade, tema da Assembleia.
Participam da Assembleia 150 pessoas, entre bispos, coordenadores regionais de pastorais, coordenadores diocesanos de pastorais, superiores maiores de Institutos de Vida Consagrada e Sociedade de Vida Apostólica, representantes do presbitério de cada diocese e coordenadores regionais das Novas Comunidades.
Assessoria do Regional

Caridade é tema da 46ª Assembleia Pastoral da CNBB Nordeste 2


Sob o tema "Na tríplice missão da Igreja: a Caridade", 21 Arquidioceses e Dioceses que compõem o Regional Nordeste 2 da CNBB (que compreende os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte), estarão reunidas no Convento de Santo Antônio, no município de Lagoa Seca, na Paraíba, para sua 46ª Assembleia Pastoral Regional. O Bispo de Emérito de Catanduva-SP, Dom Antônio Celso Queirós, será o assessor do evento, que será realizado de 01 a 04 de setembro.
“A Assembleia Pastoral Regional é a instância mais representativa da vida do Regional Nordeste 2 que, a cada ano, se vê, se questiona e planeja suas atividades, diante dos apelos e desafios da sua missão”, explicou o presidente da CNBB Nordeste 2 e Bispo de Palmares-PE, Dom Genival Saraiva de França.
Dom Genival falou ainda sobre as expectativas para o evento, que, segundo ele, se beneficia por acontecer sob as luzes das novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, traçadas para o quadriênio 2011-2015; e sob os efeitos benéficos da Jornada Mundial da Juventude, cuja próxima edição, em 2013, será no Rio de Janeiro. “Temos muito a esperar da 46ª Assembleia Pastoral Regional. Vamos nos preparar, com a oração e o coração, a fim de que os frutos esperados desta Assembleia possam ser colhidos por todos”, afirmou.
A Assembleia reúne bispos, coordenadores regionais de pastorais, coordenadores diocesanos de pastorais, superiores maiores de Institutos de Vida Consagrada e Sociedade de Vida Apostólica, representantes do presbitério de cada Diocese e coordenadores regionais das Novas Comunidades.
Serviço
46ª Assembleia Pastoral Regional da CNBB Nordeste 2
Data: 01 a 04 de setembro de 2011
Local: Convento de Santo Antônio
Rua Sítio Ipuarana
58117-000 Lagoa Seca-PB
Fonte: Assessoria de Imprensa do Regional Ne2

Começa 15º Encontro Nacional da Pastoral da Educação


Tem início nesta sexta-feira, 2, na Casa de Retiro das Irmãs Franciscanas Alcantarinas em Belo Horizonte (MG), o 15º Encontro Nacional da Pastoral da Educação, evento promovido pela Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação que inclui os Setores Universidades e Ensino Religioso, por meio da Pastoral da Educação.
O encontro que segue até domingo, 4, pretende reunir bispos referenciais, coordenadores regionais e diocesanos da Pastoral da Educação e agentes leigos que atuam nas dioceses onde a pastoral está organizada.
Além de avaliar e planejar a ação da Pastoral Educação nacional, regional e diocesana, o Encontro abordará temas que se referem às preocupações da Igreja no mundo da educação: as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) para o quadriênio 2011 a 2015, a Campanha da Fraternidade nas escolas, a participação da Pastoral da Educação na proposta “Mobilização das Igrejas Cristãs pela Educação”, promovida pelo MEC, Educação para a Paz, Educação em tempos difíceis (abordagem feita pela instituição Tereziana) e “Educação e Mística Cristã, o desafio de ensinar o que estamos ainda aprendendo”.
A assessoria do encontro ficará a cargo do professor Eduardo Machado, (teólogo, professor e coordenador de pastoral do Colégio Imaculada Conceição/BH); frei Carlos Josaphat, OP (teólogo, professor emérito da Universidade de Friburgo, Suíça, autor do Livro: “Ética mundial, Esperança da Humanidade Globalizada”; padre Maurílio Rodrigues (filósofo, diretor da Faculdade João Paulo II, Marília/SP); padre Luiz Carlos Dias, assessor Nacional das Campanhas da Fraternidade e da Evangelização da CNBB; e dos professores Linda Goulart e Sergio Maia, da Assessoria do MEC.
 Fonte: 
http://www.cnbb.org.br/site

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Notícia extraordinária!!!


Fonte: Blog Catequeseebiblia

A palavra do nosso coordenador regional...

ESTIMADO (A) CATEQUISTA,

A Igreja recorda hoje o seu dia, com o coração cheio de alegria, agradeço ao Senhor por todos vocês que realizam um serviço de amor a Jesus e a sua Igreja através da catequese.

Ser catequista é um dom de Deus, confiado a nós pela Igreja, somos testemunhas qualificadas do anúncio de Jesus, caminho, verdade e vida, pelo seu exemplo catequista muitos irmãos estão trilhando a vida cristã, motivo de alegria, e certeza do dever cumprido.

A tarefa da catequese é confiada a toda comunidade, porém nunca poderemos dispensar a figura do catequista, é ele integrado na comunidade, conhece bem sua história e suas aspirações, é aquele que sabe animar, totalmente dedicado ao serviço da Palavra, tornando-se porta-voz da experiência cristã de toda a comunidade.

O catequista deve ser antes de tudo um amigo de Jesus, capaz de despertar em seus catequizandos um amor generoso a este Amigo, gerando comunhão de pensamento, de vontade, atitude de amor ao Senhor.

Obrigado Senhor, pelos que foram meus catequistas, pelos catequistas de minha paróquia, os de nossa Arquidiocese de Maceió,  pelos inúmeros servidores da Palavra na catequese em nosso Regional Nordeste 2, obrigado catequista por ensinar os filhos/as da Igreja a viver intimidade com Jesus, estes imitando seu exemplo buscar a vida Nele, profundamente enraizados Nele.

Que a Virgem Maria “Catecismo Vivo”, Serva da Palavra, seja modelo de vosso labor e auxílio na missão bela e desafiadora de ser catequista. Que o Senhor  recompense seus esforços e torne fecundo vosso trabalho.

Obrigado e parabéns a todos os catequistas!

Pe. Elison Silva dos Santos, da Igreja de Maceió
Coordenador da Comissão Regional para Animação
Bíblico-catequética Nordeste 2

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

III SEMINÁRIO DIOCESANO DE CATEQUESE

Nos dias 2, 3 e 4 de setembro acontece o III Seminário Diocesano de Catequese, como já foi informado anteriormente.

Pedimos que as Paróquias confirmem o número de participantes para que as providências com a organização (alimentação, material...) sejam tomadas.

Veja a programação (CLIQUE AQUI)

Lembrando que o Seminário é para os catequistas de 1ª Eucaristia, Batismo, Crisma e Pastoral da Liturgia.

PARTICIPE!!!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011


Querido e querida Catequista!

É a primeira vez que estou me comunicando com você catequista desde que assumi a presidência da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico Catequética. E faço-o até comovido, sabendo o que significa cada catequista na nossa Igreja no Brasil. O que seria da nossa Igreja espalhada por todos os recantos do imenso território brasileiro sem os/as catequistas? Somos indispensáveis na educação da fé apostando no sentido pleno da vida.

Aliás, falando da fé, as atuais Diretrizes Gerais da Igreja no Brasil – DGAE 2011/2015, afirmam no número 37: “A fé é dom de Deus! ‘Não se começa a ser cristão por uma decisão ética ou uma grande idéia, mas pelo encontro com um acontecimento, com uma Pessoa, que dá novo horizonte à vida e , com isso, uma orientação decisiva’ (Bento XVI, Deus caritas est, n.º1). Por sua vez, este encontro é mediado pela ação da Igreja, ação que se concretiza em cada tempo e lugar, de acordo com o jeito de ser de cada povo, de cada cultura. A descoberta o amor de Deus manifestado em Jesus Cristo, dom salvífico pata toda a humanidade, não acontece sem a mediação dos outros (cfe. Rm 10,14)”.

Ainda tendo presente as DGAE, temos duas Urgências na Ação Evangelizadora, que dizem respeito diretamente ao nosso agir bíblico-catequético: temos o grande desafio de tornar sempre mais a nossa Igreja “casa da iniciação à vida cristã” e um “lugar de animação bíblica da vida e da pastoral”. Portanto, trabalho existe e a graça de deus não falha!

PARABÉNS queridos/as catequistas pelo Dia do/a catequista dentro do Mês Vocacional que estamos vivendo. A Igreja no Brasil reconhece com muito carinho essa vocação tão fundamental e apóia o “sim” dado diuturnamente a essa vocação por cada um e cada uma.

Um abraço fraterno, com a benção do nosso Deus Trindade e a proteção de Maria, a educadora da fé por excelência,

 

Dom Jacinto Bergmann,
Arcebispo de Pelotas e
Presidente da Comissão Episcopal Pastoral
para a Animação Bíblico-Catequética
 

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Renovação nas Coordenações Diocesanas

Na ultima reunião com os coordenadores paroquiais do Zonal Cidade, dia 12/08, entre outros assuntos, foi anunciada a saída dos coordenadores: Giselma Alves, Mª José Porto, Mª da Glória e Ricardo Soares,da Coordenação Diocesana de Catequese ( Sacramento da Eucaristia ). Estes, desempenharão suas funções até o III SEMINÁRIO DIOCESANO DE CATEQUESE, quando serão apresentados os novos coordenadores. Em 13/09, no Convento Ipuarana, Lagoa Seca, acontecerá um encontro para apresentação das NOVAS COORDENAÇÕES DIOCESANAS, de todos os segmentos diocesanos (serviços, movimentos, pastorais, associações), com Coordenação de Pastoral, padres e o Bispo D. Jaime Vieira Rocha.
À todos, obrigado!..Deus os cubra de bençãos!!!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

O Catequista e a Animação Bíblica da Pastoral


Nos últimos anos, temos acompanhado a grande preocupação de nossa Igreja e o apelo de nossos bispos para um reaprender e familiarizar-se com o novo vocábulo que é o da “Animação Bíblica da Pastoral”. Obviamente, este termo pode ser novo na nossa linguagem, porém, muito presente na caminhada do povo da Bíblia bem antes da Tradição escrita. Todavia, não encontramos na Bíblia a expressão Animação Bíblica da Pastoral, mas encontramos uma dimensão bíblica que permeia todo agir ético e comportamental do povo de Deus. Um exemplo típico desta transmissão pode ser encontrado no Sl 78 (79) que diz: O que nós ouvimos, o que aprendemos, o que nossos pais nos contaram, não ocultaremos a seus filhos; mas vamos contar à geração seguinte as glórias do Senhor, o seu poder e os prodígios que operou” Os primeiros educadores da fé e ou agentes de pastoral, tinham em mente que o processo educativo da fé se dava pela de transmissão da Palavra de Deus.

No centro da espiritualidade de Israel está a Palavra pela qual Deus se fez conhecer a si mesmo e que ajuda a interpretar os novos acontecimentos da história. Logo, toda ação evangelizadora, tanto no Antigo como no Novo Testamento, era perpassada pela dimensão Bíblico-Catequética.




quinta-feira, 11 de agosto de 2011

III SEMINÁRIO DIOCESANO DE CATEQUESE

Queridos/as catequistas, com alegria nos preparamos para esse grande momento.
   
TEMA: CATECUMENATO – Uma experiência de fé!

DATA:  02, 03 e 04 de setembro. (Início às 18h do dia 02 e término às 13h do dia 04)

ASSESSORIA:   Ir. Juliana Galeno Veras;
                        Miracy Borges;
                        Pe. Francisco Evaristo Barbosa Filho.
                       
LOCAL: Centro Diocesano de Formação / TAMBOR

PARTICIPANTES:
Serão oferecidas quatro vagas para cada Paróquia /Área Pastoral. Pedimos que os participantes sejam Catequistas do Batismo, Crisma, 1ª Eucaristia e Pastoral da Liturgia e, se possível tenham acesso ao texto nº97 da coleção Estudos da CNBB – Iniciação à Vida Cristã ( Um processo de Inspiração Catecumenal) e o R.I.C.A. – Ritual de Iniciação Cristã de Adultos.

Confirmação, dúvidas e sugestões entrem em contato com:
Padre Aldevan: 8861-7156 -  ( aldevanjgp@hotmail.com )
Giselma: 8811-6754 – ( giselma.am@hotmail.com )



sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Novos sacerdotes!



No dia 04 de agosto, dia de São João M. Vianney, o Bispo Diocesano Dom Jaime Vieira Rocha ordenou 6 novos padres para a Diocese de Campina Grande. Serão ordenados os diáconos: Adeildo da S. Ferreira (Massaranduba), Antoniel B. dos Santos (Esperança), Bruno C. de Medeiros (C. Grande), Isaias R. dos Santo(C. Grande), José Aldevan G. Pereira (Aroeiras) e Naelson dos S. Moura (Monteiro). A ordenação aconteceu na Igreja Matriz do Santuário do Sagrado Coração de Jesus, no bairro do Catolé, às 17h. Toda celebração foi transmitida ao vivo pela Rádio Caturité (AM 1050) e com imagens através de link disponível no portal da Diocese, tudo sob a responsabilidade da Pascom Diocesana. As pessoas que não participaram  da celebração, puderam acompanhar tudo através da internet.
A data tem seu significado aprofundado, pois sendo o dia do padre e do patrono de todos os padres, passa a ser também um marco, já que nos últimos anos este dia é sempre marcado por ordenações e momentos significativos para a Diocese.
Os sacerdotes foram ordenados diáconos no dia 6 de janeiro deste ano, ocasião em que foram celebrados os 15 anos de Ordenação Episcopal de Dom Jaime. A Diocese ainda conta com os diáconos Gleidimar e Hebert, que serão ordenados presbíteros logo em breve.

Confira onde e quando serão celebradas as primeiras missas dos neo-sacerdotes:
Pe. Adeildo da Silva Ferreira: Igreja de Santa Terezinha – Massaranduba. Dia 7 de agosto às 19h30
Pe. Antoniel Batista dos Santos: Igreja de N. Sra. do Bom Conselho – Esperança. Dia 6 de agosto às 19h30
Pe. Bruno Costa de Medeiros: Igreja da Sagrada Família – Campina Grande. Dia 9 de agosto às 19h30
Pe. Isaías Rodrigues dos Santos: Igreja Catedral de N. Sra. Da Conceição – Campina Grande. Dia 7 de agosto às 10h
Pe. José Aldevan Guedes Pereira: Igreja de N. Sra. Do Rosário – Aroeiras. Dia 5 de agosto às 19h30
Pe. Naelson dos Santos Moura: Igreja de Nossa Senhora das Dores – Monteiro. Dia 11 de agosto às 19h30

Pascom Diocesana


sexta-feira, 22 de julho de 2011

Campanha de solidariedade aos atingidos pelas chuvas

A Diocese de Campina Grande promove de 23 a 31 de julho, a Campanha de solidariedade aos atingidos pelas chuvas. A campanha tem como lema: “Se a chuva destrói a solidariedade constrói.” Ela será lançada oficialmente neste sábado dia 23 de julho, às 16h00, na celebração Eucarística presidida pelo Bispo Diocesano Dom Jaime Vieira Rocha, esta celebração também marca a passagem da imagem de Nossa Senhora da Neves (Padroeira da Paraíba), por Campina Grande.
A campanha tem como meta arrecadar alimentos não perecíveis, roupas, calçados e materiais de construção.



Os postos de arrecadação são:
  • Secretarias paroquiais e, 
  • Cúria Diocesana (Rua Afonso Campos, 251), por trás da Catedral. 
As doações serão entregues as vitimas das enchentes.

Doações em dinheiro poderão ser feitas no Banco do Brasil C/C - 11951-2; Agência - 1634-9, em nome da Mitra diocesana de Campina Grande. Mais Informações: 3321 4199.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Ei, amigo... Hoje é nosso dia!


O MELHOR CONSELHO DE UM PAI 

Um jovem recém casado estava sentado num sofá num dia quente e úmido, bebericando chá gelado durante uma visita à casa do seu pai. 

Enquanto conversavam sobre a vida,  o casamento, as responsabilidades, as obrigações e deveres da pessoa adulta, o pai remexia pensativamente os
cubos de gelo no seu copo, quando lançou um olhar claro e sóbrio para
seu filho, e disse:     
Nunca se esqueça de seus amigos! - aconselhou 
Serão mais importantes na medida em que você envelhecer. 
Independentemente do quanto você ame sua família, os filhos que porventura venham a ter, você sempre precisará de amigos. Lembre-se de, ocasionalmente, ir a lugares com eles; divirta-se na companhia deles; telefone de vez em quando....

Que estranho conselho - pensou o jovem. Acabo de ingressar no mundo dos casados. Sou adulto. Com certeza minha esposa e minha família serão tudo o que necessito para dar sentido à minha vida! 
Contudo, ele seguiu o conselho de seu pai. Manteve contato com seus amigos e sempre procurava fazer novas amizades. 

À medida em que os anos se passavam, ele foi compreendendo que seu pai sabia do que falava. 
À medida em que o tempo e a natureza realizavam suas mudanças e mistérios sobre o homem, os amigos sempre foram baluartes em sua vida. 
Passados mais de 50 anos, eis o que o jovem aprendeu:
   O Tempo passa.
   A vida acontece.
   A distância separa...
   As crianças crescem.
   Os empregos vão e vêem.
   O amor se transforma em afeto.
   As pessoas não fazem o que deveriam fazer.
   O coração para sem avisar.
   Os pais morrem.
   Os colegas esquecem os favores.
   As carreiras terminam. 
   Mas os verdadeiros amigos estão lá, não importa quanto tempo nem
quantos quilômetros tenham afastado vocês.

Um AMIGO nunca está mais distante do que o alcance de uma necessidade, torcendo por você, intervindo em seu favor e esperando você de braços abertos, abençoando sua vida!

Quando iniciamos esta aventura chamada VIDA, não sabemos das incríveis alegrias e tristezas que experimentaremos à frente, nem temos boa noção do quanto precisamos uns dos outros...
Mas, ao chegarmos ao fim da vida, já sabemos muito bem o quanto cada um foi importante para nós!

 

Fonte: Internet